Devidos as chuvas no RS as entregas podem sofrer atrasos
Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio
O que você está procurando?
x

Dicas

Bebê na praia: 9 cuidados essenciais!

Publicado em 10.04.2024 |
Visualizações
26 visualizações

Os bebês possuem uma pele mais final e frágil, por isso, existem cuidados essenciais para evitar queimaduras, insolação ou qualquer tipo de incômodo para os pequenos.

Existem várias dúvidas sobre o primeiro momento na praia, porém a mais comum é: "Com quantos anos o bebê pode ir à praia?".

O indicado pelos pediatras é a partir dos 6 meses a 1 aninho.

Continue lendo para descobrir os principais cuidados com os bebês na praia e, ao fim da leitura, descubra também o que levar na bolsa durante esse passeio.

1 - Invista na proteção solar adequada

mae passando protetor solar em bebe na praia

Os pediatras dizem que até os 3 anos, as crianças devem pegar uma quantidade pequena de sol por dia, geralmente gira em torno de 30 minutos no máximo.

Sendo no máximo 30 minutos. Além disso, eles recomendam o uso de protetores solares mais fortes, como o de Fator de Proteção 60, 70 e 80.

E por falar em cuidados com o FPS, você também precisa se atentar nos melhores horários para expor as crianças ao sol.

O mais indicado é entre as 6h até às 10h e depois das 16h. Nesse meio tempo, a dica é sempre buscar por sombras e evitar uma exposição direta.

2 - Aposte nas roupinhas com proteção UV

Como a pele dos bebês é bem fina, o uso de roupinhas de proteção UV, principalmente as camisetas de manga longa, são muito indicadas.

E, por precaução, tenha algumas roupas a mais na bolsa para trocar quando e se necessário.

É importante saber que elas são feitas com diversas matérias-primas, a maioria em tecidos sintéticos e semissintéticos que permitem a proteção contra os raios ultravioletas tipos A e B.

3 - Chapéus são essenciais

criancas com roupas da marca alenice

Os chapéus, assim como bonés e toucas, são acessórios imprescindíveis para as crianças que vão à praia porque protegem a cabeça do sol.

Geralmente, essa região do corpo é uma das mais que “sofrem” com o calor e os raios solares porque é a primeira a ser atingida.

É possível encontrar vários modelos e produtos. O ideal é buscar os mais confortáveis para servirem como barreira protetora sem incomodar os bebês.

Também é preciso ter cuidado para que o chapéu não esquente a cabeça dos pequenos.

4 - Fique em uma área com sombra

Mesmo com o uso de protetor solar e as camisetas UV, ficar embaixo do guarda-sol é muito indicado para evitar que os raios solares atinjam diretamente os bebês.

Além disso, fique ligado nos guarda-sóis que realmente tenham a parte de dentro com proteção contra o sol.

Dependendo da praia que será frequentada, é possível encontrar facilmente esse tipo de “protetor” disponível nas barracas.

Em outras regiões, o ideal é levar o próprio guarda-sol. Independente da escolha, não abdique desse cuidado para garantir total proteção.

5 - Mantenha a higiene e a troca de fraldas

Um dos cuidados com bebê na praia é a troca de fraldas. Entre a areia e o mar, é muito difícil encontrar um lugar ideal para tirar as fraldas usadas e colocar as novas.

Por isso, tenha alternativas fáceis e práticas, como levar um trocador portátil, por exemplo.

Independente da forma em que a troca será feita, nunca deixe de lado a prática.

Afinal, se os bebês ficarem por muito tempo com a mesma fralda, é possível que acontece casos de alergia, incômodos ou até mesmo doenças.

Ah, e atenção! Se o bebê já estiver em fase de desfralde, então, vale a pena continuar incentivando a não usar fraldas também na praia.

6 - Não se esqueça da hidratação constante

menina tomando suco na praia

A praia sempre está conectada ao calor e caso a exposição ao sol seja muito intensa e longa, é possível que as crianças fiquem desidratadas.

Para evitar esse problema, é importante aumentar o consumo de água mineral ou outras bebidas líquidas saudáveis.

O mesmo vale para a comida, preste atenção na alimentação. No caso dos bebês, possivelmente, eles terão leite, que pode ser materno ou de fórmula.

Para crianças maiores, o cuidado tem que ser redobrado para que os alimentos da praia não causem indigestão.

7 - Tome cuidado com a areia e o mar

Neste tópico, a dica tem tudo a ver com um olhar clínico dos pais com os animais que podem estar presentes na areia ou no mar.

Além disso, as crianças podem encontrar objetos cortantes, enferrujados ou que, de alguma forma, causem danos.

Com relação ao mar, as marés podem “enganar” as crianças, mesmo aquelas que sabem nadar. Já no caso dos bebês, em hipótese alguma, deixe eles sozinhos.

Também é importante evitar ir até lugares mais fundos, mesmo com eles no colo ou em boias.

8 - O banho de mar é permitido?

Com todos os cuidados acima, o banho de mar nas crianças é permitido sim! Desde que feitos com bastante cautela e de forma adaptada.

Opte por um lugar mais tranquilo, com poucas ondas e águas limpas. Além disso, teste a temperatura da água.

Se tudo estiver de acordo, faça a adaptação dos bebês aos poucos, afinal, tudo é uma novidade para eles.

Então, comece molhando os pezinhos e evite mergulhá-los para que não se assustem.

9 - Lembre-se da rotina infantil

Mesmo que ainda não tenham completado 1 ano, a verdade é que os bebês se adaptam facilmente a uma rotina.

Por exemplo, se costumam tirar um cochilo depois de tomar a mamadeira, é provável que queiram fazer isso mesmo quando estiverem na praia.

Assim, é imprescindível que os pais entendam que esses hábitos serão seguidos pelos bebês.

O que vale para sonecas, refeições, brincadeiras, trocas de fraldas e outras atividades. A verdade é que a mudança de rotina costuma ser bem complicada para eles.

O que levar na bolsa do bebê para a praia

Diferente da bolsa maternidade, levada ao hospital na hora do nascimento dos bebês, a bolsa de praia tem roupas infantis apropriadas para essa ocasião.

E ela é importante porque as trocas podem ser necessárias, assim como o uso de peças para enxugar.

Algumas ideias do que levar são:

  • Toalhas;
  • Fraldas e lenços umedecidos;
  • Roupas de praia e chapéu;
  • Trocas de roupas;
  • Trocadores de fraldas portáteis;
  • Brinquedos;
  • Alimentos e bebidas;
  • Filtro solar e repelente.

Mas, observe que aqui temos apenas sugestões. A mala de praia da sua família precisa considerar os itens essenciais para as crianças.

Especialmente, aqueles relacionados aos cuidados com a saúde, higiene e bem-estar.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.